Empresas de manutenção de elevadores são prestadoras de um serviço essencial que não está em quarentena. São consideradas de utilidade pública e classificadas como de atividade fundamental à segurança e bem-estar da população. 

Logo, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, seguem cumprindo normalmente os contratos firmados com os clientes e atendem, tanto a manutenção dos equipamentos, quanto todas as emergências que possam causar desconforto aos usuários de escadas rolantes e elevadores.

A ABEEL (Associação Brasileira das Empresas de Elevadores) e o Seciesp (Sindicato das Empresas de Conservação Manutenção e Instalação de elevadores do Estado de São Paulo), que são às duas entidades do setor no Brasil, esclarecem que a principal missão deles é prestar o melhor serviço à população, de acordo com o protocolo estabelecido pelas autoridades.

As duas entidades, pensando no bem-estar das pessoas, lançaram uma cartilha com orientações de cuidados básicos de higiene nos elevadores, com a intenção de reduzir a disseminação do novo COVID-19. Teve também como objetivo, alertar os usuários, síndicos, empresas e trabalhadores do setor, que todos podem se expor a riscos de saúde se não adotarem medidas preventivas.

Alguns cuidados citados na cartilha:

  • Não utilizar o elevador quando estiver cheio;
  • Contar com o auxílio de um lenço de papel descartável para acionar os botões de abrir e fechar as portas;
  • Realizar a higienização da cabine em um intervalo de 2 horas;
  • Caso precise descer ou subir poucos andares, vá pelas escadas;
  • Evite encostar nas paredes da cabina dentro do elevador.

A cartilha está disponível através do seguinte link: http://www.emumclick.com/images/news/ABEELCORONAVIRUSCARTILHA.pdf


0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *